Arquivo

Arquivo da Categoria ‘As melhores práticas do azulejista e ladrilhador’

Cortadores de azulejos em 2ª mão – Como escolher

21, Maio, 2010 Nenhum comentário

Se estiver a pensar em comprar um cortador de azulejo usado / em segunda mão, independentemente da marca e/ou modelo, é issencial verificar os seguintes pontos.

1. Verificar se o sistema de incisão (rodízio e porta-rodízio) está em perfeito funcionamento, fazendo um teste de corte (se possível).

2. Verificar a precisão do porta-rolete se tem folgas e se corre livremente. Folga excessiva poderá significar cortes tortos.

3. Verificar o funcionamento da esquadria, sobretudo nos cortadores que têm a esquadria removível , com o uso o engate de travamento poderá ter-se desgastado e/ou danificado.

Estas dicas são válidos para todos os tipos de cortadores de azulejos, cortadores de uma ou duas barras, cortadores de puxar ou de empurrar, modelos recentes ou modelos velhos. Note que, se adquirir um cortador de azulejo usado de duas barras será também necessário verificar a solidez e fixação dos vários componentes (barras, suportes e base).

Hoje o mercado de venda de cortadores usados é uma realidade generalizada quer na Internet quer pelas vias normais. Se adquirir um cortador usado através da Internet tente testar a máquina assim que lhe chegar para dar tempo de a devolver ainda a tempo da garantia caso não esteja nas condições que falamos acima.

Novidade! Um par de pinças são agora incluidas junto à bancada de trabalho ref.994

26, Abril, 2010 2 comentários

A partir de hoje, incluído na Bancada de Trabalho refª 994, encontrará um (1) par de pinças de fixação de alta qualidade.

Estas pinças são para ajudar o utilizador a fixar os azulejos à bancada durante as fases mais delicadas de corte e prefuração de cerâmica/grés porcelânico, etc.

Um acessório multi-funções para ladrilhadores muito útil que temos a certeza será uma grande ajuda no trabalho diário!!

Nasceu o pequeno disco diamantado “SQUADRO” – 85mm diâmetro – para furos quadrados / rectangulares

15, Abril, 2010 Nenhum comentário

Inúmeras vezes irá precisar de fazer furos quadrados ou rectangulares para caixas de derivação painéis eléctricos, tomadas, interruptores, tomadas de telefone/Internet, Tv Cabo/Satélite, Alarmes, etc!!
Também, os azulejos são cada vez mais duros, como é o caso do Grés porcelanato e com superfícies cada vez mais difíceis ( rugosas e vitrificadas ), pelo que a criação deste tipo de furos torna-se sempre mais complexa e os aplicadores de azulejo são confrontados todos os dias com diversos problemas na execução.

De modo a ajudar o ladrilhador o departamento de desenvolvimento da Montolit criou um mini-disco de diamante de uso a seco em rebarbadora. Este mini-disco diamantado tem 85mm, e é capaz assim de fazer furos quadrados pequenos (4×4cm) em todo o tipo de cerâmicas, grés porcelânico, mármore e granito.

Com este disco os furos rectangulares são extremamente precisos e permitem a utilização de pequenos espelhos, bem como permitem efectuar cortes para ficar à vista.

Características principais deste disco de 85mm são a extrema manobrabilidade, o elevado nível de acabamento e a estonteante velocidade de corte. Tudo isto graças à elevada qualidade de construção empregue pela Montolit onde se inclui a espessura reduzida da faixa diamantada.

Este novo disco diamante, refª TCS85, da série Bistury, é construído respeitando as exigentes normas de qualidade e de segurança EN13236 da OSA (Organização para a Segurança dos Abrasivos).

Manutenção para os cortadores profissionais de azulejo Masterpiuma

16, Março, 2010 2 comentários

Aqui podem encontrar instruções básicas e informação solicitada para seguir os correctos procedimentos de manutenção para os cortadores profissionais de azulejo Masterpiuma P2

- verifique e limpe os tabuleiros de metal (se necessário substitua as molas e os suportes plásticos de retenção).
- Limpe o punho de incisão, lubrifique todas a partes móveis e, se necessário, substitua o rodizio incisor (de riscar)!
- Limpe a barra deslizante (ajuste os parafusos laterais de ajuste caso o punho esteja com folgas)
- Verifique a paralela geométrica e posicione-a correctamente caso necessário usando o parafuso de stop.
- Substitua, se necessário, a guia de encosto e as fitas autocolantes de medida.

Veja o próximo vídeo de procedimentos de manutenção

No próximo sábado terá início a Feira Internacional de ferramentas de Colónia.

23, Fevereiro, 2010 Nenhum comentário

Aqui estão alguns dos principais novos produtos que iremos mostrar durante a exposição:

A nova, super rápida, máquina de corte a água, completamente diferente das clássicas máquinas de corte da Montolit. Muito rápida e compacta!.
O novo disco super-profissional para grés porcelânico art.CG.
Uma inovativa nova linha de brocas diamantadas
A nova bancada de trabalho ergonómica para ladrilhadores da Montolit

E mais…

Esperamos pela sua visita no Hall 4.1 stand nº A3
Encontramo-nos na feira de Colónia!

Como evitar rachas/fissuras nos azulejos junto dos furos

4, Janeiro, 2010 Nenhum comentário

A imagem mostra as rachaduras que provavelmente aparecerão caso faça os buracos para aplicações à moda antiga, tipo fazendo uma quadrado com a rebarbadora, ou desgastando o azulejo por trás entre outras maneiras desadequadas.
Como descrito no post “velhas e novas meneiras de furar azulejo”, se o furo não perfeitamente circular, é muito provável que depois de alguns dias após a aplicação, alguns meses e até anos as desagradáveis rachas apareçam.
Veja bem: Azulejos colocados, trabalho acabo, obra entregue, uma racha que aparece é suficiente para manchar um trabalho inteiro, além do custo acrescido que terá para substituir esse azulejo danificado. O caso da imagem é claro e pode encontrar exemplos em toda a parte. Hoje , felizmente existem fresas/brocas diamantadas que fazem furos quase perfeitos que reduzem, à quase nulidade, o aparecimento de fissuras. Se está reformando a sua casa, exija ao ladrilhador/azulejista que use fresas/brocas diamantadas indicadas para o trabalho!! Tanto a curto como a longo prazo você não terá razões para ficar insatisfeito!!

crepe-nelle-piastrelle-11

Catálogo de Ferramentas de ladrilho em mais de 11 Linguas!

13, Dezembro, 2009 Nenhum comentário

national-flag-catalogue-in-your-launguage
Picture source: www.flickr.com

Lembramos todos os ladrilhadores que é agora possível baixar os nossos catálogos actualizados na sua lingua a partir da Página inicial do Sitio Web da Montolit. Estão agora disponíveis as seguintes traduções: English; Français; Deutsch; Polish; Norsk; Pycckn?; Român?; Português; Español; Italiano. Em breve mais traduções estarão também disponíveis. Perdoem-nos por alguns erros que possam encontrar na vossa lingua, e por favor ajudem-nos a melhorar as traduções deixando as vossas sugestões e correcções.

Devido à grande demanda uma das próximas mensagens/post irá ser um post técnico sobre Cortadoras eléctricas a água

Feira internacional de ferramentas de Colónia

16, Novembro, 2009 Nenhum comentário

Olá, esta mensagem é dedicada aos distribuidores e revendedores de ferramentas. Estão interessados em se encontrarem connosco e ver alguns dos nossos produtos? Querem representar a nossa marca no vosso país? Informamos que a nossa empresa irá estar presente na feira internacional de ferramentas de Colónia (Alemanha).

Datas da feira: de 28 Fevereiro a 03 de Março de 2010

Localização do nosso stand: Pavilhão 4.1 nr. A3

Será um prazer encontrar-vos lá!!

Manual instruções utilização Cortadores manuais de azulejo Masterpiuma

4, Novembro, 2009 8 comentários

O responsável pelo desenvolvimento de produtos novos da Brevetti Montolit S.p.A apresenta, através de um vídeo inédito, todas as características técnicas e segredos do funcionamento dos cortadores manuais Masterpiuma.
Um vídeo destinado principalmente aos ladrilhadores e utilizadores profissionais, bem como aos revendedores, que necessitam de aprofundar os seus conhecimentos sobre esta máquina para que possam resolver os actuais problemas que lhes aparecem quando na aplicação de revestimentos.

Aqui vai um breve resumo do conteúdo do vídeo.

A estrutura da máquina

O cortador de azulejos Masterpiuma (versão P2) é uma máquina leve, prática e fácil de usar. Os principais componentes desta cortadora manual da Montolit são feitos de alumínio fundido e aço (níquel e cromado).

Para proteger de eventuais danos, a esquadria geométrica fecha ficando posicionada no perímetro da máquina. Graças à qualidade dos materiais utilizados os cortadores Montolit não precisam de uma caixa para transporte.

O cortador é composto por um porta-rodízio para a incisão feito em alumínio fundido e montado sobre uma barra de aço cromada de uma esquadria para posicionamento do azulejo, de um braço suporte metálico para apoio de azulejos de grandes formatos (este braço de apoio vem de série nas cortadoras manuais de grandes dimensões 63P2; 75P2, 93P2; 125P2).
Dois compartimentos no corpo da máquina permitem acomodar uma rodela e um veio de substítuição.

Quatro pés em material anti-deslizamento (goma natural), posicionados na base da cortadora, garantindo assim a máxima estabilidade da máquina durante o corte sobre qualquer tipo de superfície.
Dois pratos de suporte em metal, montados sobre molas tornam o apoio adequado para todo os tipos de materiais na fase de corte.

Um porta-rolete multi-funcional …!

O porta-rolete Montolit é um componetne fundamental destes cortadores manuais já que contém características particolarmente funcionais úteis para resolver, também, os problemas de corte em materiais mais inovadores, de ultima geração. Grande parte destes recursos, conhecidos apenas por ladrilhadores profissionais, têm vindo a assumir uma maior importância neste últimos meses porque se tornam essenciais para a colocação de porcelanatos de ultima geração.
Entramos nos detalhes das múltiplas funcionalidades do Porta-rodízio:
O porta-rodízio tem um punho ergonómico projectado propositadamente para facilitar o pegar durante o movimento do corte durante a incisão do azulejo.

Um sistema de auto-ajuste permite lidar com materiais de varias espessuras sem regular a altura da barra guia.

Para separar/dividir o azulejo depois da incisão, o porta-rodízio vem dotado de dois sistemas separadores, um fixo e um móvel automaticamente. Ambos os sistemas de separação são construidos em materiais especiais par evitar danificar e/ou sujar a superfície do azulejo que entra em contacto com os pinos do porta-rodízio.

No topo superior do porta-rodízio, encontra-se um regulador para ajustar o limite de pressão no azulejo, que permite, em casos de materiais mais delicados, evitar danos no azulejo, especialmente em cortes na diagonal.

Não ajustando este engenhoso regulador se exercermos demasiada pressão na separação, pode haver ruptura do azulejo, tal como mostrado no vídeo.

Para evitar a ruptura de materiais particularmente delicados, podemos então ajustar o Regulador na espessura do material e, em seguida, usar o anel de travagem. Asseguramos assim que, mesmo exercendo pressão excessiva, o porta-rodízio não vai mais abaixo do que está regulado, permitindo uma separação limpa sem dificuldades.

Ainda relativamente ao Porta-rodízio parece-nos importante destacar as características de dois componentes específicos:

Um anel endurecido e serrilhado que permite a rolagem uniforme e controlada durante a incisão.
Um rodízio de incisão feito em carboneto de tungsténio e revestido a titânio par dar maior fluidez e resistência ao desgaste.

Atenção: depois da incisão, a separação do azulejo deve ser efectada na proximidade da esquadria (de preferência nos primeiros 5 cm). Normalmente ao fim da incisão o porta-rodízio está já na posição correcta para separar o material, não sendo necessário ajustar a sua posição para exercer a pressão para separar o azulejo. Apenas nos cortes em espinha / 45º temos de puxar atrás alguns centímetros a fim de haver uma maior e mais resistente superfície de separação ( utilizar neste caso o separador adicional que desce automaticamente ao subir o porta-rodízio)

Importante! Para obter melhores resultados não efectuar a separação do azulejo a mais de 5cm da esquadria.

A esquadria geométrica especial.

Em caso de cortes repetitivos de dimensões predefinidas, é possível utilizar a paralela.

O conjunto de medição mantêm-se inalterado para qualquer ângulo.

A esquadria geométrica permite cortar facilmente os azulejos em diverso ângulos, 15, 30, 45, 60
graus e naturalmente nos vários ângulos intermédios.

O parafuso regulável forte permite assegurar a máxima precisão nos cortes a 90°.
A medida do canto da parede, no caso apresentado no vídeo 28cm, é facilmente detectável na segunda escala graduada.

Nb. Para o corte a 45°, aconselhamos a utilização do separador adicional automático.

O mesmo sistema de separação em conjunto com tapete (art. 58), é a solução ideal para corte de pastilha/mosaico. Para a incisão da pastilha deve-se exercer uma pressão mais leve.

Como mostrado no vídeo, os cortadores profissionais da Montolit da série Masterpiuma cortam com extrema facilidade os mais diversos azulejos em grés porcelânico ou Porcelanato, integrando vários recursos simples que permitem ao utilizador resolver os mais complexos problemas de corte que podem surgir com o corte de azulejos de nova geração, tais como muito duros, espessuras elevadas, de vidro, finos (como seja o Kerlite), irregulares e particularmente frágeis.

Saúde do Ladrilhador – Algumas sugestões básicas

2, Novembro, 2009 2 comentários

ordinary-trowel7
1. Colher clássica
ERRADO. A forma do cabo faz com que o centro de gravidade esteja incorrecto. Assim vai haver um aumento de carga nas articulações e nos músculos quer do pulso como do braço.

jonsson-trowel
1. Colher Ergonómica
CORRECTO. O formato da colher faz com que o peso seja distribuído de forma óptima, temos assim uma carga inferior sobre os músculos do braço e articulações reduzindo então a probablidades de problemas físicos futuros.
____________________________________________
to-cut-on-the-floor
2. Cortar no chão
ERRADO. O estar constantemente a ter de ajoelhar sobrecarrega excessivamente as suas costas, quadris, joelhos e pés.

tile-setters-table
2. Bancada de Trabalho
CORRECTO. A mesa de trabalho faz com que seja possível trabalhar em posição erecta, mantendo assim uma postura correcta, o que irá preservar a integridade das suas costas e joelhos.
_______________________________________________________________________________________________
wood-handle
3. Punho de madeira
ERRADO. O tende a deslizar facilmente na sua mão. Para manter na posição correcta você necessita de fazer um esforço extra nos músculos.

soft-grip-handle
3. Cabo com punho de borracha antideslizante
CORRECTO. Um punho grande e de superfície mais macia fornece uma melhor aderência, e, logo, menos carga para os músculos.
_______________________________________________________________________________________________
tile-cutter-1
4. Cortadores de puxar
ERRADO. Este tipo de cortador exige a contracção “nervosa” e não natural da mão e do braço, e acaba sobrecarregando os músculos e tendões.

tile-cutter-2
4. Cortadores de empurrar
CORRECTO.Para a incisão e corte utiliza o peso do corpo (e braço) com um movimento natural. Este cortador manual exige muito menos das articulações e músculos, e também torna-se muito mais fácil de usar. Ver post cortadores de empurrar ou de puxar, qual a melhor solução?
_______________________________________________________________________________________________
cord-lamp
5. Lâmpada clássica
ERRADO. Uma lâmpada “nua” (luz directa) gera uma luz muito forte e concentrada e aumenta o risco de ofuscamento. Provoca também uma sombra muito acentuada o que dificulta o seu trabalho e faz com que os seus olhos se cansem mais.

building-lamp
5. Lâmpada profissional de construção
CORRECTO. Não brilha, e portanto têm a capacidade de ser colocada até ao lado do ladrilhador. É uma luz mais difusa, reduzindo assim as sombras sempre irritantes.
_______________________________________________________________________________________________
crawl
6. Trabalhar de Joelhos
ERRADO. Uma posição demasiado “estática” que gera cargas localizadas muito elevadas nos joelhos e tornozelos, forçando também a estar a trabalhar com uma postura incorrecta.
working-chair
6. Trabalhar num banco móvel
CORRECTO. Reduz o tempo de trabalho sobre seus joelhos bem com reduz as cargas indesejadas nas suas costas, preservando, assim, a sua integridade.
_______________________________________________________________________________________________
jointing-by-hand
7. Encher juntas à mão
ERRADO. Carga de trabalho muito elevada para todo o corpo, braços, mãos e ombros estão constantemente trabalhando. Também para joelhos e tornezelos o esforço é enorme.

jointing-with-a-machine
7. Encher juntas com máquina eléctrica
CORRECTO. Ao utilizar a máquina faz com que as tensões nos músculos sejam reduzidas significativamente. Elimina as cargas “erradas” sobre as costas e joelhos e reduz também as cargas sobre as mãos e braços.
_______________________________________________________________________________________________
washing-by-hand
8. Limpeza à mão
ERRADO. Trabalhando de joelhos o tempo todo, solicita às costas, joelhos e pés, cargas estáticas e dinâmicas prejudiciais, especialmente se repetindo durante muito tempo.

washing-with-a-machine1
8. Limpeza com eléctroesponja
CORRECTO. Ao evitar trabalhar de joelhos, são reduzidos os problemas das costas e joelhos. Com a máquina também reduz o contacto excessivo com a água, reduzindo potenciais reacções alérgicas na pele e problemas ósseos.

Olá! Tem algum comentário ou sugestões sobre este assunto? Quer partilhar com outros ladrilhadores algum truque que inventou para resolver algum problema de fadiga física no seu trabalho? Por favor, escreva-nos, vamos compartilhar a sua experiência com todos os outros! Obrigado pela sua ajuda e bom trabalho.

Velhas e novas maneiras de fazer furos em azulejos. De furos quadrados e irregulares (quebráveis) a furos perfeitos, resistentes e rápidos feitos com brocas de uso a seco.

24, Setembro, 2009 4 comentários

Ele existem três maneiras para fazer furos em azulejo*

Para fazer um furo quadrado– para caixas de interruptor, etc. – usando uma rebarbadora equipada com um disco de diamante:

• Vantagens: o uso de apenas uma rebarbadora com um disco diamantado.  – é uma operação rápida (quando usando um disco adequado ao material)

• Desvantagens: Durante o corte o azulejo pode partir bastante facilmente. (como o exemplo no vídeo). Ao fazer com o disco pode também causar falhas na estrutura do azulejo e permitir que este, depois de estar fixado, apareça estalado, mesmo em poucas horas durante a secagem da cola.  E, mais facilmente, devido aos movimentos frequentes da construção, vão aparecer rachas.

Criar diversos cortes irregulares dentro dum circulo no azulejo usando a rebarbadora com disco e então, com um martelo pequeno partir o centro para completar o trabalho.

• Vantagens: o uso de apenas uma rebarbadora com um disco diamantado

• Desvantagens: fazer cortes irregulares e partir um círculo pode ser um processo lento – e também é bastante fácil partir o azulejo durante o uso da rebarbadora e até quando tentamos partir o centro do círculo.

Usar as mais recentes brocas (brocas uso a seco ou com água) de modo a fazer um furo perfeito em azulejo.

• Vantagens: O furo fica com bom acabamento – a operação é rápida e fácil – a estrutura do azulejo não fica danificada mantendo-o bastante resistente a falhas com o correr dos tempos.

• Desvantagens: necessita de uma broca com a medida correcta.

No vídeo abaixo, poderá visualizar os exemplos de fazer furos nas três maneiras. Normalmente, são necessários furos em azulejos para ligações sanitárias, instalações eléctricas, acabamentos especiais, etc. Na primeira parte do vídeo fizermos furo num azulejo brilhante normal que parte facilmente.

*Queremos dizer, novos tipo de azulejo, porque para os antigos cerâmicos moles, é possível fazer furos com uma ferramenta manual (furadores de azulejo art.18 e art.20)

A Brevetti Montolit na Cersaie 2009 – Feira Internacional de Azulejos e Mobiliário Casa de Banho

3, Setembro, 2009 Nenhum comentário

cersaie-2009Gostaríamos de informar todos o ladrilhadores, distribuidores e empresas de construção que a Brevetti Montolit Spa irá apresentar-se na Feira de Bologna Cersaie 2009 – Itália – (de 29 Setembro a 03 Outubro).
Será uma grande oportunidade de ver e em primeiro lugar de testar as numerosas inovações que apresentamos (desde cortadores manuais, cortadores eléctricos a ferramentas diamantadas) que o nosso departamento técnico desenvolveu seguindo as ultimas tendências do mercado, tais como:

Revestimentos e pavimentos:
Dupla cosedura
Clinker
Terracotta
Rodapés,embutidos, faixas, outras guarnições
Cerâmicas quebra sol e grelhas
Faixas especiais para piscinas
Tijolo cerâmico
Paredes ventiladas
Chão flutuante
Grés porcelanato
Grés vermelho
Mosaico cerâmico
Cerâmica Barro
Pastilha

e mais:
Pavé, blocos betão
Mármore
Granito

Queremos convidá-lo a visitar o nosso stand neste importante evento internacional (Hall 44 stand 11).

Esperamos conhecê-lo pessoalmente!

Seja bem-vindo ao mundo das ferramentas de ladrilho profissionais da Brevetti Montolit Spa

5, Junho, 2009 5 comentários

É um ladrilhador, um construtor, um comerciante de materiais de construções ou de máquinas, ou é apenas um “amante de bricolage” ?

Bem, bem-vindo ao nosso blogue!

Gostaríamos de apresentar, para aqueles que ainda não conhecem, a nossa companhia. A Brevetti Montolit Spa encontra-se à mais de 60 anos entre as mais prestigiadas empresas em todo o mundo especializando-se na produção e comercialização de ferramentas profissionais para ladrilhadores, focando-se essencialmente em cortadores azulejo, guilhotinas, ferramentas diamantadas furar e de corte.

A nossa história bem como o nosso futuro estão contidos no nosso nome: Brevetti significa Patente. Desde a segunda guerra mundial, que temos seguido o mercado do ladrilho, desenvolvendo sempre as melhores ferramentas de ladrilho para os aplicadores profissionais, seguindo as diferentes inovações propostas pelos fabricantes de revestimentos. Hoje em dia os cortadores de azulejo profissionais da Montolit são usados em todo o mundo o que nos deixa muito orgulhosos.

Através deste blogue queremos estabelecer consigo um diálogo onde quer que esteja, porque achamos que a Internet é de facto a maneira mais rápida para comunicar.

Iremos contar-lhe um pouco mais da nossa história, do nosso “coração” e da nossa maneira de ser, iremos estar do seu lado de modo a resolver os problemas do dia-a-dia relativamente a trabalho de ladrilho e iremos apresentar as novas soluções para os novos materiais. Iremos fazer tudo isto, mas acima de tudo, iremos escutá-lo, porque você é o profissional, você é nosso parceiro.

Então, que acha? … vamos começar!