Arquivo

Arquivo da Categoria ‘Para furar’

Como furar piso cerâmico, azulejos, vidro, mármore e granito velozmente e com precisão

6, Dezembro, 2011 admin 1 comentário

Aqui encontras uma escolha de artigos muito útil com instruções sobre as melhor praticas para fazer furos em pisos cerâmico, azulejos , granito, vidro etc.

Como furar piso cerâmico e grés

Como furar sem água piso e azulejos

Fazer furos em mármore

Fazer furos em granito

fazer furos em pisos e azulejos

furar piso ceramico e granito

Categories: Furar a seco, Para furar Tags:

Que broca escolher para furar em paredes revestidas por mármore, cerâmica, grés ou granito para colocar buchas, tubos para torneiras, lavatórios, máquinas de lavar, tubos de aquecimentos, aparelhagem eléctrica ?

8, Outubro, 2010 Matteo 1 comentário

Muitas vezes, ter de furar grés porcelânico em paredes para colocação de buchas bem como furos para canalização e até para sistemas de aquecimento, usando os antigos sistemas de furar não é, de todo, um trabalho fácil. Na Internet você pode encontrar vários sites que aconselham fazer um pequeno furo no azulejo com um prego e depois usar uma broca Widia para fazer o furo necessário. No entanto este sistema funcionava com os azulejos de cerâmica ou grés. Com o grés porcelânico, se tentar fazer o furo dessa maneira irá apenas conseguir iniciar o furo e ficará com a broca queimada, além de, na maior parte das vezes, partir o azulejo. Experimente e verá!

Que solução para furar o grés porcelânico duro, que afinal já se encontra no mercado já há alguns anos, mas poucas pessoas se apercebem disso. Existem brocas de ponta diamantada para uso em berbequim ou rebarbadora angular que trabalham com arrefecimento a água ou sem água, e furam sem problemas até mesmo os porcelânicos mais duros.
No mercado encontrará muitas marcas e preços diferentes. Não é fácil perceber a qualidade da ferramenta, apenas observando com atenção pois são características técnicas especificas que fazem a diferença. Duas fresas diamantadas aparentemente iguais podem fazer 3 furos ou 100 furos, tudo depende da qualidade do produto e da maneira como foi utilizado.
Sem ir muito longe, vou enumerar:

DIAMETRO – BROCA A UTILIZAR – UTILIZO
5mm FTJ ou FAJ Buchas
6mm FTJ ou FAJ Buchas
8mm FTJ ou FAJ Buchas
10mm FTJ ou FS ou FAJ Buchas
12mm FTJ ou FAJ Buchas ou fechos
14mm FTJ ou FAJ Buchas ou fechos
15mm FT tubo ¼ , buchas , fechos
20mm FS tubo 3/8 em cobre para gás, água (modelos antigos)
27mm FS tubo ½ água, torneiras, aquecimento
30mm FS tubo ½ água, torneiras, aquecimento
35mm FS tubo 1” água, gás, indústria
40mm FS tubo ½ água, torneiras, aquecimento
45mm FA tubo1” ¼ saídas esgoto, lavatórios, máquinas lavar
50mm FS/FA tubo1” ¼ saídas esgoto, lavatórios, máquinas lavar, apliques luz
55mm FS/FA tubo1” ¼ saídas esgoto, lavatórios, máquinas lavar
60mm FS/FA tubo1” ½ saídas esgoto máquinas lavar
65mm FS/FA tubo1” ½ saídas esgoto máquinas lavar, tomadas, interruptores
70mm FA tubo2” ½ saídas esgoto máquinas lavar industriais, piscinas, tomadas, interruptores
75mm FS/FA tubo2” ½ saídas esgoto máquinas lavar industriais, piscinas, tomadas, interruptores
100mm FT/FA Caixas WC, saídas/entradas ar cozinha e caldeiras
120mm FT/FA tubo 3” Caixas WC, saídas/entradas ar cozinha e caldeiras

As brocas diamantadas FTJ e FT são de utilização como o berbequim e não necessitam de água.
As brocas diamantadas FS são de utilização com rebarbadoras angolares e não necessitam de água.
As brocas FA e FAJ, são de utilização com o berbequim ou com a máquina “BimBo foratutto” e necessitam de água para arrefecimento. Se está a restruturar uma casa, fazendo pequenos trabalhos em parede e é um ladrilhador ou um canalizador, e, tem alguma dúvida específica, por favor, escreva aqui no Blogue… responderemos dentro de algumas horas!!
Bom trabalho!!
Ver o: catalogo Montolit online Brasil

Categories: Para furar Tags:

Quantos furos consecutivos se podem fazer com as brocas a seco FTJ?

25, Junho, 2010 Matteo Nenhum comentário

Mais de 60 furos consecutivos !!! … e muitos mais se podia ter feito ainda, pois, como pode ser visto no final do vídeo, a Broca está apenas “um pouco” gasta.

Não é uma surpresa mas sim uma confirmação e demonstração da qualidade das Fresas a seco FTJ, utilizadas diariamente por ladrilhadores, aplicadores, canalizadores e instaladores de todo o mundo em materiais como: Grés Porcelanato, Cerâmica, Monocottura e Granito.

Categories: Furar a seco, Para furar Tags:

Estão prontas as novissimas brocas diamantadas a água FAJ 05 06 08 10 12 mm

22, Junho, 2010 Montolit Staff 4 comentários

Já chegaram as minis brocas diamantadas FAJ para fazer furos com água com berbequim.

As brocas FAJ são das novas inovações de furação diamantada (de uso com água) que permitem grandes performances em materiais muito duros como sejam: Gres Porcelânico, Cerâmica Dura, Marmore, Granito.
Comparando com outros produtos similares presentes no mercado, as principais vantagens destas brocas são a duração e a velocidade de furação.

Por falar de duração, é correcto afirmar que, se correctamente utilizadas, podem realizar cerca de 5 a 10 vezes mais relativamente às já existentes!

A particularidade destas brocas é que podem ser utilizadas com pouquíssima água, basta molhar um pouco a ponta da broca ou o azulejo.

A maneira de utilização aconselhada é a mesma das brocas a seco Mondrillo, a única diferença relativamente às Mondrillo é a necessidade de utilizar água.
As FAJ podem ser utilizdas também em furadoras a bateria. A velocidade mínima sugerida é de 1000 rpm.

Os diâmetros disponíveis são:
FAJ 5 mm
FAJ 6 mm
FAJ 8 mm
FAJ 10 mm
FAJ 12 mm

Disponível também um Kit que contêm 5 brocas, art.FAJVA: FAJ 5 + FAJ 6 + FAJ 8 + FAJ 10 + FAJ 12

As FAJ são artigos profissionais para aplicadores especializados.

Categories: Furar com água Tags:

Canalizador, eletricista, ladrilhador/azulejista e amantes de bricolage furando furos redondos e quadrados em azulejos de cerâmica, grés, grés porcelanato/porcelânico, granito e mármore

17, Janeiro, 2010 Matteo 3 comentários

Das operações mais delicadas para realizar na aplicação de azulejo, quer seja em cerâmica ou em pedra natural, não há duvida é efectuar os furos.
A maioria dos furos é feita maioritariamente em dois locais, a cozinha e o banheiro, seja porque necessitamos para aplicações da rede de águas seja porque necessita de abrir furos para respirações para o exterior.
Devemos em primeiro lugar distinguir os dois tipos de furos que pretendemos, os redondos necessários para a passagem de tubos ou cabos e para aplicação de acessórios, que normalmente têm um diâmetro de 6mm(1/4”) até a 120mm (4”) e aqueles quadrados/rectangulares, indispensáveis no caso de algumas tomadas, caixas de derivação ou quadros eléctricos que podem ser de várias dimensões.

square-holes-in-tiles

Para os furos Redondos existem para ajudar o aplicador diversas e diferentes tipos de fresas e brocas diamantadas quer para utilização a seco ou a água permitindo, de modo simples e preciso, efectuar o trabalho em qualquer material de revestimento, desde a cerâmica mais “mole” ao durissimo grés porcellanato ou granito e mármore.
Mais complicado para o ladrilhador/azulejista vem derivado da “furação em quadrado“.
Para executar furos rectos se podem utilizar dois procedimentos, em primeiro, a seco , é feito com o auxílio de um disco diamante ultrafino (como o bisturi) e di pequeno diâmetro (normalmente da 115mm(4,5”)) aplicado numa tradicional rebarbadora/esmerilhadeira angular , a segunda é executado por cortadoras a água especiais equipadas com discos diamantados.
Além da mestria e perícia necessárias por parte do operador/ladrilhador/azulejista/aplicador, estas execuções de furos em ângulos rectos, por causa da sua forma quadrada/rectangular, aumenta o risco de ruptura que pode acontecer, seja na altura de execução seja posteriormente, tanto após estar aplicado como ao fim de algum tempo, na verdade, por qualquer razão física em qualquer momento pode aparecer um fissura como resultado de cedência do prédio ou do terreno.

Categories: Para Cortar, Para furar Tags:

Como evitar rachas/fissuras nos azulejos junto dos furos

4, Janeiro, 2010 Matteo Nenhum comentário

A imagem mostra as rachaduras que provavelmente aparecerão caso faça os buracos para aplicações à moda antiga, tipo fazendo uma quadrado com a rebarbadora, ou desgastando o azulejo por trás entre outras maneiras desadequadas.
Como descrito no post “velhas e novas meneiras de furar azulejo”, se o furo não perfeitamente circular, é muito provável que depois de alguns dias após a aplicação, alguns meses e até anos as desagradáveis rachas apareçam.
Veja bem: Azulejos colocados, trabalho acabo, obra entregue, uma racha que aparece é suficiente para manchar um trabalho inteiro, além do custo acrescido que terá para substituir esse azulejo danificado. O caso da imagem é claro e pode encontrar exemplos em toda a parte. Hoje , felizmente existem fresas/brocas diamantadas que fazem furos quase perfeitos que reduzem, à quase nulidade, o aparecimento de fissuras. Se está reformando a sua casa, exija ao ladrilhador/azulejista que use fresas/brocas diamantadas indicadas para o trabalho!! Tanto a curto como a longo prazo você não terá razões para ficar insatisfeito!!

crepe-nelle-piastrelle-11

Velhas e novas maneiras de fazer furos em azulejos. De furos quadrados e irregulares (quebráveis) a furos perfeitos, resistentes e rápidos feitos com brocas de uso a seco.

24, Setembro, 2009 admin 4 comentários

Ele existem três maneiras para fazer furos em azulejo*

Para fazer um furo quadrado– para caixas de interruptor, etc. – usando uma rebarbadora equipada com um disco de diamante:

• Vantagens: o uso de apenas uma rebarbadora com um disco diamantado.  – é uma operação rápida (quando usando um disco adequado ao material)

• Desvantagens: Durante o corte o azulejo pode partir bastante facilmente. (como o exemplo no vídeo). Ao fazer com o disco pode também causar falhas na estrutura do azulejo e permitir que este, depois de estar fixado, apareça estalado, mesmo em poucas horas durante a secagem da cola.  E, mais facilmente, devido aos movimentos frequentes da construção, vão aparecer rachas.

Criar diversos cortes irregulares dentro dum circulo no azulejo usando a rebarbadora com disco e então, com um martelo pequeno partir o centro para completar o trabalho.

• Vantagens: o uso de apenas uma rebarbadora com um disco diamantado

• Desvantagens: fazer cortes irregulares e partir um círculo pode ser um processo lento – e também é bastante fácil partir o azulejo durante o uso da rebarbadora e até quando tentamos partir o centro do círculo.

Usar as mais recentes brocas (brocas uso a seco ou com água) de modo a fazer um furo perfeito em azulejo.

• Vantagens: O furo fica com bom acabamento – a operação é rápida e fácil – a estrutura do azulejo não fica danificada mantendo-o bastante resistente a falhas com o correr dos tempos.

• Desvantagens: necessita de uma broca com a medida correcta.

No vídeo abaixo, poderá visualizar os exemplos de fazer furos nas três maneiras. Normalmente, são necessários furos em azulejos para ligações sanitárias, instalações eléctricas, acabamentos especiais, etc. Na primeira parte do vídeo fizermos furo num azulejo brilhante normal que parte facilmente.

*Queremos dizer, novos tipo de azulejo, porque para os antigos cerâmicos moles, é possível fazer furos com uma ferramenta manual (furadores de azulejo art.18 e art.20)

Como posso optimizar a quantidade de furos feitos com as brocas Mondrillo FS?

17, Setembro, 2009 admin Nenhum comentário

Como posso optimizar a quantidade de furos feitos com as brocas Mondrilo FS?
Porque é que a minha broca Mondrillo fez poucos furos? Esta é uma pergunta que de vez em quando aparece um cliente a colocar ao nosso departamento técnico.

A principal razão, provavelmente, tem a haver com o facto das instruções de uso não serem seguidas correctamente. Com estas brocas (uso a seco) é necessário furar o azulejos com um movimento rotativo durante todo o processo de furação.

Sem este tipo de movimento:
• O diamante aquece demasiado e perde definitivamente as suas características cortantes.

• O pó não sai do furo, cobrindo e danificando as pontas dos diamantes,

As performances indicadas pela Brevetti Montolit das suas ferramentas são diversas e elas mudam consoante o tipo e espessura dos materiais:
• Maiores espessuras significam performances inferiores

• Materiais abrasivos, ricos em quartzo, significam performances inferiores

O material mais duro no qual as brocas Mondrillo FS foram testadas é o Grés Porcelânico (Grés Porcelanato) e os resultados na espessura de 8mm são:
• Aprox. 20 furos com FS6 (6 mm diâm.) (com arrefecimento regular)

• Aprox. 30/40 furos com: FS8; FS10; FS12; FS14; FS16; FS20 (8, 10, 12, 14, 16, 20 mm diâm.) (com arrefecimento regular)

• Aprox. 50/60 furos com todas as outras medidas de FS, de 27 mm a 75 mm diâmetro.

A nossa sugestão é para arrefecer com água, todas as brocas FS de diâmetro igual ou inferior a 20mm. Basta fazer uma ou mais pausas durante a execução do furo, colocando por 2 segundos, a ponta da broca num copo de água sem necessidade de desligar a máquina.
Seguindo estas indicações simples poderão efectuar mais furos aumentando assim a performance das vossas Mondrillo FS.

A Cotto D’Este sugere a Brevetti Montolit como referência técnico professional para cortar e furar Kerlite

1, Setembro, 2009 admin Nenhum comentário

Devido a uma boa e longa parceria connosco, a Cotto d’Este, um dos melhores produtores de azulejo do mundo, decidiu inserir a Brevetti Montolit S.p.A com referência na sua documentação técnica. (ex. Manual técnico do Kerlite – Cotto D’Este). Esta decisão foi tomada após testarem com sucesso as nossas ferramentas de ladrilhador em diferentes tipos de revestimentos e pavimentos, com especial focagem no novo material fino chamado Kerlite.
Estamos orgulhosos desta parceria e, como é habitual, iremos continuar a trabalhar de modo a dar todo o nosso apoio aos fabricantes de azulejos a encontrar as melhores soluções para dar aos aplicadores as ferramentas necessárias para cortar e furar os seus novos produtos.

Para mais detalhes: Como furar Kerlite
kerlite-technical-manual

Qual a maneira mais rápida de furar Granito e Mármore?

14, Agosto, 2009 admin 1 comentário

Se precisa de fazer furos (de 6 a 75 mm) em mármore e/ou granito, sem usar água, sugerimos a visualizar o vídeo abaixo (segunda parte). Com estas Brocas para furar a seco (refª FS chamadas Mondrillo) é possível fazer furos muito bons em mármore ou granito de 2,5 ou 3 cm ( e porcelanatos) em poucos segundos.

Link: Para furar granito e/ou mármore

Como fazer furos em Mosaicos de Marmorite?

31, Julho, 2009 admin Nenhum comentário

Como fazer furos em Mosaicos de Marmorite (composto feito da mistura entre betão, pedra natural e resina) e obter um furo perfeito de uma maneira rápida?
Após testar alguns tipos de brocas (de uso a seco e de uso com água), de modo a obter um bom resultado entre velocidade e precisão, sugerimos que use as nossas brocas art. FA (Broca diamantada de uso com água) com a nossa máquina de furo “Bimbo Foratutto” .
Como é habitual preferimos mostrar o vídeo do teste:
Como fazer furos em Mosaicos de Marmorite

Como furar Kerlite com brocas de uso a seco (novo azulejo fino da Cotto D’Este)

9, Julho, 2009 admin Nenhum comentário

Recebemos muitas pedidos sobre como furar o novo azulejo chamados Kerlite (3,5 mm de espessura) da Cotto D’este.
As questões mais frequentes são:
É possível efectuar furos em Kerlite, e com que ferramentas de furar?
É possível efectura furos em Kerlite com Ferramentas de furar a seco ?
Que tipos de acabamento é possível obter?
Que quantidade de furo consigo eu efectura em Kerlite com a brocas de uso a seco?
Achamos que a melhor maneira de responder é mostrar um exemplo real. No vídeo abaixo fizemos diferentes pequenos furos numa amostra de Kerlite usando diferentes tipos de brocas de uso a seco, as nossas FTJ05 e FTJ06 – FT10 – FS 08 e FS35.
Como poderá verificar ao ver o vídeo, com estas brocas é fácil efectuar furos em Kerlite e o acabamento é bastante bom. Relativamente à quantidade de furos, podemos dizer que aqui podem ser efectuados o dobro dos furos (aproximadamente) comparando com o azulejo cerâmico normal.

Tome atenção que, em especial para a furação a seco em azulejos, é necessário usar as ferramentas de maneira correcta.

Categories: Furar a seco, Para furar Tags:

Como furar a seco qualquer tipo de azulejo Cerâmico ou Porcelânico de nova geração

26, Junho, 2009 admin 2 comentários

Frequentemente os ladrilhadores/aplicadores e também os amantes de bricolage precisam de efectuar pequenos furos (diâmetros 5; 6; 8; 10; 12mm) em superfícies cerâmicas ou de grés porcelânico.
A tradicional furação a água feita com as clássicas ferramentas diamantadas é difícil e não muito económico devido ao facto de ser necessário adquirir acessórios específicos para providenciar a água necessária para arrefecer as brocas.
Além de mais, para furar a água é necessário comprar um berbequim eléctrico com um sistema de segurança especial.
Para resolver este problema, há alguns meses atrás, a companhia especializada em ferramentas profissionais de ladrilho desenvolveu e lançou no mercado uma nova série de brocas diamantadas para uso a seco que são capazes de trabalhar em berbequins comuns.
Estas brocas com coroa diamantada contínua, desde que bem usadas (ver vídeo), são capazes de efectuar uma grande quantidade de furos com um óptimo nível de precisão e uma boa velocidade de furação. Estas brocas são capazes de furar em todo o tipo de azulejo Cerâmico ou Porcelânico de nova geração.
Mas quantos furos consegue este tipo de brocas de uso a seco efectuar?
A resposta correcta diverge e depende do tipo de material a furar (Cerâmica, Grês Porcelânico, Granito, Mármore, etc), da espessura do azulejo ou pedra e do utilizador.
De qualquer modo, de maneira a dar uma resposta básica, podemos afirmar, por experiência própria que, por exemplo, a broca de uso a seco da Montolit, FTJ, (se bem usada) num azulejo Porcelânico de 7-8mm faz mais de 40f uros sem problema.
O campo aplicações das brocas de uso a seco FTJ é muito vasto:
Ligações para sanitários
Ligações para mobiliário
Ligações para Janelas
Ligações para Climatização
Furos para passagem de tubos e cabos

Hoje, o uso de brocas diamantadas de uso a seco representa uma pequena revolução em geral para aplicadores, ladrilhadores, canalizadores, electricistas, e estão rapidamente substituindo as clássicas, velhas e não apropriadas brocas Widia®, isto porque as brocas Widia® não são capazes de furar em materiais muito duros como os azulejos Porcelânicos de nova geração.
Para o corte a seco destes novos tipos de revestimento, existe também no mercado as brocas de sistema de vácuo da Brevetti Montolit, FS (Mondrillo) (uso numa rebarbadora com mínimo de RPM de 10.000). Estas brocas são bastante mais rápidas mas conseguem efectuar menos furos em comparação com as brocas de coroa contínua, que permitem ser reavivadas com pedras de reavivamento especiais.

Categories: Furar a seco, Para furar Tags: